Cosroes mata um leão

Descrição

Esta pintura representa um episódio do segundo livro do Khamsah (Quinteto) de Niẓāmī Ganjavī, intitulado Khusraw va Shirin. Neste livro, as aventuras e batalhas do rei persa Cosroes são descritas, bem como seu amor pela princesa armênia Shirin. Certa vez, em um banquete, Cosroes e Shirin estavam sentados, bebendo juntos (de acordo com o verso do fólio) quando, subitamente, um leão se aproximou do pavilhão real. O rei, então, embora estivesse bêbado, fechou o punho e socou o leão na orelha, matando-o na hora. A pintura acompanha o texto passo a passo, representando Shirin e seu séquito ainda no pavilhão, enquanto o Rei Cosroes matava o leão com as mãos. O estilo da pintura e a disposição do texto lembram os manuscritos produzidos para o mercado no Irã durante os séculos XVI e XVII. O verso desta página descreve a forma como Cosroes matou o leão. Acima e abaixo da composição, estão os versos correspondentes, escritos em caligrafia nasta'liq preta em quatro colunas. O texto está emoldurado por faixas de nuvens e sobre um plano de fundo dourado decorado com flores azuis e vermelhas. Todo o painel do texto e da pintura está emoldurado por várias bordas coloridas e colado sobre uma folha maior de papel de cor creme. No verso, o texto está escrito em caligrafia nasta'liq preta em quatro colunas, separadas por canaletas douradas decoradas com pontos pretos. O cabeçalho iluminado no centro do painel de texto inclui o título da seção, em que Cosroes e Shirin aparecem sentados juntos. O painel de texto está emoldurado por bordas de várias cores e está colado a uma folha maior de papel na cor creme. Uma outra pintura pertencente a um outro manuscrito do Khusraw va Shirin de Niẓāmī também é mantida nas coleções da Biblioteca do Congresso. Ela representa o Rei Cosroes em uma batalha.

Última Atualização: 31 de julho de 2014