Invocações a 'Ali

Descrição

Este fragmento caligráfico inclui dois bayts (versos) de invocação ao genro do Profeta Maomé, 'Ali, por meio de seus vários epítetos. Começando com uma invocação de ya 'Ali al-a'ala (a 'Ali, o Maior), os versos dizem, em seguida: “Oh, Leão de Deus, Líder de Haydar, vitória! / Oh, Destruidor da porta do Castelo de Khaybar, vitória! / As portas da esperança se fecharam diante de mim. / Oh, Possuidor da (espada de) Dhu al-Fiqar e (do servo) Qanbar, vitória!” 'Ali é solicitado por meio de seus muitos nomes, atributos e façanhas históricas, para que traga esperança e vitória. Os versos foram escritos em caligrafia nasta'liq preta, sobre papel abri ou ebru (marmorizado) branco e azul. O painel do texto conta com uma moldura bastante descuidada e manchada e está colado a uma folha maior de papel marrom, sustentada por papel-cartão. No canto inferior esquerdo do painel de texto, o calígrafo Hafiz Muhammad Sa'd al-Din afirma que ele escreveu este mashaqahu (texto) e pede pelo perdão de Deus por seus pecados. O número 205 também aparece, o que pode indicar que a obra foi executada em 1205 a.H. (1790 a 1791). Embora Hafiz Muhammad Sa'd al-Din não possa ser identificado nas fontes históricas, ele parece ter sido um calígrafo do estilo nasta'liq ativo no século XVIII no Irã ou na Índia.

Última Atualização: 31 de julho de 2014