Poema de Noruz (Ano Novo)

Descrição

Este painel caligráfico inclui um ruba'i (quadra pentâmetra iâmbica) assinado pelo calígrafo Agha'i. Ele assinou sua obra: “escrito pelo pobre Agha'i”. Infelizmente, não se sabe nada sobre este calígrafo, e a data aproximada desta obra (séculos XVII ou XVIII) permanece conjectural. A quadra foi escrita em caligrafia nasta'liq preta sobre um pedaço de papel emoldurado em azul e colado sobre papel marrom sustentado por papel-cartão. O poema diz o seguinte: “A ti, Orgulho do Governo e da Religião / Que a felicidade seja teu auxílio, e que a fortuna esteja ao teu lado. / Felicitações a ti no festival do Ano Novo / Que tu sempre sentes ao lado [da felicidade e da fortuna]”. Este poema deseja a um regente a felicidade perene e a boa fortuna na ocasião do Ano Novo. Este Noruz (Ano Novo) é, provavelmente, o equinócio de primavera (21 de março), que marca o início do calendário solar, celebrado no Irã e em partes da Índia. Parece que este painel caligráfico foi executado em uma ocasião em que se celebra o Ano Novo e se deseja a um patrono prosperidade nos anos vindouros. A prática de ofertar bons votos por escrito durante as celebrações do Ano Novo é atestada em vários outros exemplares caligráficos da Biblioteca do Congresso.

Última Atualização: 31 de julho de 2014