Petição a um regente

Descrição

Este fragmento provavelmente fez parte de uma coleção de munsha'at (composições literárias) que mostram como escrever adequadamente elogios e petições a um regente. Algumas dessas peças caligráficas, incluindo esta, parecem ter sido escritas em caligrafia ta'liq na Índia durante os séculos XVII e XVIII. Este fragmento diz como compor um na't ou munajat (elogio formal) a um regente, usando vários alqab (epítetos honoríficos). Vários elogios do mulkuhu (poder) e do sultanuhu (domínio) do regente precedem a ardh ou arz (requisição formal ou petição). Na penúltima linha diagonal, aparece a data de 14 de jumadah I, embora nenhum ano seja especificado, e a peça não esteja assinada pelo calígrafo. A composição foi realizada em caligrafia ta'liq indiana preta e está emoldurada por mosaicos de nuvens em um papel bege. A tinta de outro fragmento caligráfico, anteriormente contido no mesmo álbum de caligrafia, parece ter sido derramada sobre esta peça. Algumas linhas com escrita no sentido contrário mancharam o painel caligráfico central. O texto aparece sobre um plano de fundo pintado com tinta dourada e está emoldurado por uma borda azul e colado em uma folha de cor rosa reforçada com cartão.

Última Atualização: 27 de abril de 2016