O grande camafeu da França

Descrição

O Grand Camée de France (O grande camafeu da França), a maior escultura de camafeu existente do mundo antigo, contém a gravação de 24 figuras ordenadas em três registros. O significado geral e os objetivos políticos desta obra encomendada são claros: o seu objetivo é afirmar a continuidade dinástica e legitimidade dos imperadores Júlio-Claudianos do Império Romano (os cinco primeiros imperadores: Augusto, Tibério, Calígula, Cláudio e Nero). Os mortos são colocados na parte superior, enquanto o registro médio representa o mundo dos vivos. No registro inferior estão os cativos partos e germânios. O Imperador Augusto pode ser reconhecido no registro superior, com a cabeça coberta e cingida por uma coroa radiante. Ele está rodeado por Germânico, montado em um cavalo alado e pelo filho do imperador Tibério, Druso Júlio César. A figura flutuante vestida com trajes orientais e carregando um globo terrestre nas mãos poderia ser Eneias. O centro da gema é reservado para Tibério, sentado em seu trono com sua mãe Lívia. Ele preside uma cerimônia solene que se acredita ser a nomeação de Nero (em pé, armado, na frente dele) como Príncipe da Juventude em 23 d.C. Este camafeu com cinco camadas sardônicas foi feito por volta dessa data.

Última Atualização: 16 de março de 2015