Versos do Alcorão

Descrição

Este fragmento caligráfico inclui alguns dos últimos versos (43 a 53) do 30° capítulo do Alcorão, intitulado Surat al-Rum (Os romanos). Este capítulo aborda os poderes mundanos, simbolizados pelos impérios persa e romano, além do Dia do Julgamento. A surata aconselha o leitor a adotar a religião correta antes daquele dia. O verso deste fragmento caligráfico inclui os últimos sete versos da Surat al-Rum, bem como os primeiros quatro versos do capítulo subsequente, Surat Luqman, que recomenda retidão e sabedoria. A caligrafia kufi, realizada em tinta marrom neste fragmento de pergaminho, lembra o “Novo Estilo I” kufi, típico dos Alcorães produzidos no Iraque e na Pérsia durante os séculos XI e XII, embora nesta época os Alcorães tendessem a ser escritos em papel, e não no velino ou pergaminho. Este tipo de caligrafia é angular, e as letras que deveriam estar conectadas por ligaduras estão frequentemente isoladas, o que torna o texto difícil de ser decifrado. Embora hoje substancialmente apagados, os sinais vocálicos executados como pontos vermelhos são visíveis tanto acima quanto abaixo das linhas do texto principal. Os marcadores de versos são indistinguíveis, já que são muito pequenos e estão desenhados com tinta marrom. Eles consistem em três linhas diagonais, diminuindo em tamanho a fim de criar uma formação triangular. O décimo marcador de verso, separando o verso 50 do 51, localizado na quarta linha de baixo para cima neste fólio, destaca-se, pois ele consiste em uma simples vírgula inscrita em um círculo simples. Infelizmente, este fragmento sofreu desgaste por uso — evidenciado pelas dobras horizontais e verticais no fólio — e danos por infiltração de água, o que manchou as letras tanto na parte superior quanto inferior.

Última Atualização: 6 de abril de 2015