Página-tapete do Alcorão; al-Fatihah

Descrição

Esta folha contém uma página-tapete de abertura do Alcorão. É o segundo de cinco folhas pertencentes a um manuscrito disperso do Alcorão nas coleções da Biblioteca do Congresso. Juntamente com outra folha, esta folha constitui o frontispício de página dupla ilustrada com um belo, embora danificado, Alcorão mameluco do século XIV. A folha contém a continuação dos versículos 76-80 da Surata (capítulo) 56, al-Waqi'ah (O inevitável), contidos nos painéis superior e inferior retangulares do frontispício de página duplamente ilustrado. Os padrões e a paleta decorativos desta página-tapete são típicos dos Alcorões mamelucos do século XIV, feitos no Egito. O verso da folha contém o primeiro capítulo do Alcorão, al-Fatihah (A abertura). Nos registros retangulares azuis no topo e na parte inferior, decorados com entrelaçamento de videiras douradas, aparece o título da surata em, agora oxidada, tinta branca. O título especifica que a al-Fatihah foi revelada em Medina e possui sete versos, (29) palavras, e 120 letras. O número de palavras, que teria aparecido no canto inferior direito da folha, agora está faltando. O interesse em contar o número total deayats (versos), palavras e letras em vários capítulos e em todo o Alcorão, não só forneceu um aparato catalográfico para o Livro Santo. Ele também pode ter servido para várias práticas relacionadas ao misticismo ou às ciências esotéricas das letras. A escrita no quadro de texto principal é naskh, um estilo cursivo preferencial em Alcorões feitos no Cairo durante os séculos XIV e XV.

Data de Criação

Data do Assunto

Idioma

Título no Idioma Original

آيات قرآنية

Tipo de Item

Descrição Física

23,4 X 28,2 centímetros

Observações

  • Escrita: Reto: thuluth; Verso: naskh

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 7 de maio de 2015