Versículos do Alcorão

Descrição

Este fragmento do Alcorão inclui versículos de várias suratas (capítulos) no Alcorão. No lado direito, o fragmento contém os primeiros 24 versículos do capítulo 56, al-Waqi'ah (O inevitável). O título da surata aparece na parte superior da folha direita, em tinta branca sobre um fundo dourado e emoldurado por uma cártula horizontal decorada com tema de vinha em um fundo azul ou vermelho. Abaixo da moldura há uma faixa simples horizontal de vinhas florais em azul claro e minúsculos pontos vermelhos contidos em um painel delineado em ouro. O título afirma que al-Waqi'ah consiste de 96 versículos e pertence ao período mecano. No topo do lado esquerdo deste fragmento estão os últimos versículos (38-62) do capítulo 53, al-Najm (A estrela). Na quinta linha aparece um comentário marginal em vermelho, proporcionando uma pronúncia alternativa para uma das palavras no texto. No final da surata al-Najm, na parte inferior da folha, há um medalhão marginal maravilhosamente executado contendo a palavra sajdah (prostração) escrita em dourado sobre um fundo azul. Ele marca o lugar para oração antes de ler a surata seguinte. Na parte inferior da folha esquerda aparece o título do capítulo seguinte, 54, Surat al-Qamar (A lua), seguido por uma bismillah inicial (Em nome de Deus). O título está executado de forma muito parecida com a de al-Waqi'ah no lado direito do fragmento, e especifica que consiste de 55 versículos revelados em Meca. O verso do fragmento inclui a continuação da surata al-Qamar com versículos 1-20. Na margem esquerda estão correções e comentários executados em tinta vermelha. No lado esquerdo da folha aparecem os últimos versículos (55-78) do capítulo 55 do Alcorão, Surat al-Rahman (O Clemente). Estes precedem imediatamente o início do capítulo 56, al-Waqi'ah (O inevitável), no lado direito do reto do fragmento. Na margem esquerda aparece o mesmo marcador juz' redondo, em dourado e azul como encontrado na margem direita da mesma folha. O último versículo (78) do capítulo inclui a expressão "Bendito seja o nome do teu Senhor", escrito em tinta dourada. Não é incomum encontrar o nome de Deus (Alá) ou seus epítetos e sinônimos enfatizados em tinta dourada. A escrita do texto está executada em naskh persa preto, enquanto os títulos são executados em Thuluth branco maior no reto do fragmento. Ambas as escritas cursivas foram utilizados em Alcorões feitos no Irã durante os séculos XVI - XVII.

Data de Criação

Data do Assunto

Idioma

Título no Idioma Original

آيات قرآنية

Tipo de Item

Descrição Física

63,6 X 41 centímetros

Observações

  • Escrita: naskh

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 6 de abril de 2015