Versículos do Alcorão (56:77-9) em Página-tapete

Descrição

Como observado nos registros retangulares vermelhos no topo e na parte inferior deste painel inscrito, esta folha introduz a juz (seção) 26 do Alcorão. O espaço central inclui uma inscrição contendo versículos 77-79 do capítulo 56, Surat al-Waqi'ah (O inevitável). Estes versos normalmente abrem o Alcorão, embora possam aparecer em páginas decoradas usadas para separar as ajza ' (partes) do Alcorão. O título da surata (capítulo ) no topo é executado em dourado com contorno em tinta preta. Ele especifica que esta surata contém 35 versículos, enquanto o reto do fragmento apresenta a seção 26, da qual se constitui o primeiro capítulo. O reverso do fragmento inclui os versículos 1-3 do Capítulo 46, Surat al-Ahqaf (As Dunas). A escrita é Thuluth, uma escrita cursiva típica do período mameluco (séculos XIV e XV) no Egito. O fundo de arabescos espirais nesta página decorativa é característica de Alcorões deste período. Este capítulo é o sétimo e último da série ha-mim (capítulos 40-46). Ele argumenta que toda a Criação tem um propósito divino. Por esta razão, o justo deve esperar com paciência, visto que a Verdade e a Revelação serão justificadas. As letras ha-mim são as letras do mistério ou as letras abreviadas, aparecendo isoladamente ou em combinação, no início de alguns capítulos no Alcorão. O marcador juz constitui uma ruptura artística no Alcorão. As inscrições na parte superior e inferior são executadas em tinta dourada em um contorno preto caligráfico inscrito na página de cor creme, colocada sobre um fundo vermelho com arabescos de folhas azuis e verdes.

Data de Criação

Data do Assunto

Idioma

Título no Idioma Original

Qur'anic Verses (56:77-9) on Carpet Page

Tipo de Item

Descrição Física

20 X 30,2 centímetros

Observações

  • Escrita: thuluth

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 7 de maio de 2015