Mapa-Múndi

Descrição

Pouco se sabe sobre o geógrafo e cosmógrafo veneziano do século XV Giovanni Leardo além do fato de que três dos seus mapas-múndi sobreviveram ao final do período medieval, os quais estão assinados por seu criador. Este é o mapa-múndi mais antigo mantido na biblioteca da Sociedade Geográfica Americana, e é considerado o melhor exemplar de mapa-múndi medieval no hemisfério ocidental. Os outros dois mapas de Leardo, semelhantes, mas não idênticos, estão na Itália, na Biblioteca Comunale, em Verona, e no Museo Civico em Vicenza. O mapa mostra as regiões do mundo conhecidas pelos europeus no fim da Idade Média - Europa, Ásia e África - e, como em muitos mapas de parede da era medieval, mostra Jerusalém ao centro e ao leste na parte superior. Archer M. Huntington adquiriu e apresentou o mapa à Sociedade Geográfica Americana, em 1906. Em 1928, a sociedade publicou um fac-símile a cores em tamanho original e um texto de John K. Wright, O Mapa do Mundo de Leardo: 1452 ou 1453. O trabalho de Wright foi, essencialmente, uma descrição detalhada do layout, nomes e características no próprio mapa. Rand McNally também reproduziu o mapa como um cartão de Natal, em 1952.

Última Atualização: 22 de março de 2016