Pessoas de países estrangeiros: chineses e franceses

Descrição

Após quase dois séculos de contato restrito com o exterior, o Japão passou a se expor cada vez mais à cultura ocidental na década de 1850, à medida que novos acordos comerciais resultavam na interação multicultural. A importação de tecnologia e costumes desconhecidos passou a criar ansiedade e medo entre a classe popular japonesa, e sua grande curiosidade fica evidente nas descrições detalhadas de temas estrangeiros feitas por artistas ukiyo-e (retratos do mundo flutuante). Esta gravura, publicada em 1861, é de Ochiai (Utagawa) Yoshiiku (1833–1904), um dos alunos mais importantes do popular artista ukiyo-e Utagawa Kuniyoshi (1798–1861), e co-fundador do jornal de Tóquio Nichi-Nichi, o primeiro diário publicado em Tóquio. Ela retrata um francês sentado em uma cadeira segurando uma taça, enquanto um chinês está próximo a ele, gesticulando durante a conversa. Descrições de ambos os países aparecem ao lado direito da gravura.

Data de Criação

Data do Assunto

Informação da Publicação

Marutetsu, Japão

Idioma

Título no Idioma Original

外國人物圖畫 南京 佛蘭西

Tipo de Item

Descrição Física

1 gravura em papel hosho: xilogravura, cor, 32,5 x 22 centímetros (bloco), 36 x 24,8 centímetros (folha)

Observações

  • Da série intitulada: Gaikoku jinbutsu zuga (Pessoas de países estrangeiros).

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 9 de março de 2012