Três soldados-caranguejo, dois com picaretas furam o chão e o terceiro está em pé sobre a parede de um forte

Descrição

A guerra Russo-Japonesa (1904-1905) foi documentada em várias formas de mídia, como xilogravuras, fotografias e ilustrações. As vitórias dos militares japoneses nos primeiros estágios da guerra inspiraram gravuras de propaganda de artistas japoneses. Kobayashi Kiyochika (1847-1915) contribuiu com esta gravura burlesca de uma só folha para a série, Nihon banzai hyakusen hyakushō (Vida longa ao Japão: 100 vitórias, 100 risos). Kiyochika, conhecido por produzir xilogravuras usando métodos de pintura ocidental, estudou por um breve período com Charles Wirgman (1832-1891), um cartunista inglês do Illustrated London News. Kiyochika foi também um cartunista político em tempo integral para uma revista japonesa entre 1882 e 1893. Cada ilustração era acompanhada de uma descrição humorística do escritor satírico Honekawa Dojin (pseudônimo de Nishimori Takeki, 1862-1913). A série zombava dos russos por sua fraqueza militar, vaidade e covardia visíveis. Aqui os soldados russos tornaram-se caranguejos, que podem cavar buracos e fugir em qualquer direção com suas múltiplas pernas. O comentário compara a forma de caranguejos com os penteados dos guerreiros japoneses do século XII que haviam sido derrotados na Guerra Genpei, um famoso conflito entre dois clãs poderosos.

Data de Criação

Data do Assunto

Informação da Publicação

Cidade de Yoshikawa, Japão

Idioma

Título no Idioma Original

Three Crab Soldiers, Two with Picks Chopping up the Ground, and the Third Is Standing on the Wall of a Fort

Tipo de Item

Descrição Física

1 gravura: xilogravura, cor; 35,8 x 24,4 centímetros (folha)

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 2 de março de 2012