Os poemas italianos do mestre Francesco Petrarca

Descrição

Francesco Petrarca (1304–1374) foi um poeta e estudioso italiano, muitas vezes chamado de pai da Renascença. O maior estudioso de sua época, Petrarca defendeu a continuidade básica entre o cristianismo e a cultura clássica da Grécia e de Roma. Embora escrevesse principalmente em latim e pessoalmente tenha descoberto muitos manuscritos (em latim) há muito tempo perdidos, ele é mais conhecido por sua poesia lírica italiana, em grande parte escrita para Laura, o assunto do seu amor idealizado identificada por muitos estudiosos como Laure de Noves (por volta de 1308-1348) de Avignon, França. Le cose volgari é uma edição dos poemas italianos de Petrarca, produzida pelo tipógrafo e estudioso veneziano Aldo Manuzio (por volta de 1450-1515). Em 1501, Aldo começou a imprimir os chamados "libelli portatiles", edições de textos sem comentários acadêmicos in-oitavo, um formato que até então era utilizado apenas em livros de oração. O de Petrarca foi publicado em julho como o primeiro "livro portátil" em italiano e é um excelente exemplo da capacidade inovadora de Aldo. O livro é impresso em itálico, o qual foi inventado por Aldo e que tinha a intenção de imitar a caligrafia de sua época. O texto em si foi editado pelo estudioso Pietro Bembo (1470-1547) usando um manuscrito de Petrarca. Bembo teve uma enorme influência no desenvolvimento do italiano como língua literária moderna, a qual ele acreditava que devia ser modelada com base nos escritos de Petrarca.

Última Atualização: 12 de fevereiro de 2016