Presente de despedida de bandeira branca útil, que a esposa do general russo prestativamente entrega-lhe quando ele deixa a frente de batalha, dizendo-lhe para usá-lo assim que ele avistar o exército japonês

Descrição

A guerra Russo-Japonesa (1904-1905) foi documentada em várias formas de mídia, como xilogravuras, fotografias e ilustrações. As vitórias dos militares japoneses nos primeiros estágios da guerra inspiraram gravuras de propaganda de artistas japoneses. Kobayashi Kiyochika (1847-1915) contribuiu com esta gravura burlesca de uma só folha para a série, Nihon banzai hyakusen hyakushō (Vida longa ao Japão: 100 vitórias, 100 risos). Kiyochika, conhecido por produzir xilogravuras usando métodos de pintura ocidental, estudou por um breve período com Charles Wirgman (1832-1891), um cartunista inglês do Illustrated London News. Kiyochika foi também um cartunista político em tempo integral para uma revista japonesa entre 1882 e 1893. Cada ilustração era acompanhada de uma descrição humorística do escritor satírico Honekawa Dojin (pseudônimo de Nishimori Takeki, 1862-1913). Nesta gravura, o general Aleksei Nikolaevich Kuropatkin, Ministro da Guerra Imperial Russa, tranquiliza sua esposa afirmando que será capaz de fugir, caso se depare com o exército japonês; porém, a esposa fez uma bandeira branca para que seja usada na rendição do marido, caso ele não consiga escapar.

Data de Criação

Data do Assunto

Informação da Publicação

Cidade de Yoshikawa, Japão

Idioma

Título no Idioma Original

Farewell Present of Useful White Flag, Which Russian General's Wife Thoughtfully Gives When He Leaves for Front, Telling Him to Use It As Soon As He Sees Japanese Army

Tipo de Item

Descrição Física

1 gravura: xilogravura, cor; 37,2 x 24,9 centímetros (folha)

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 30 de novembro de 2016