Mapa Mostrando a Colônia da Eritreia e das Regiões Adjacentes, na Escala 1:250,000

Descrição

A Itália, participante relativamente tardia na corrida das potências européias pelas colônias africanas, assumiu o controle das áreas costeiras da atual Eritréia, em 1885. O Tratado de Wichale (em italiano Uccialli) de 1889, celebrado com o imperador Menelik da Etiópia, deu à Itália a soberania sobre o território que os italianos chamavam de Eritréia, nome derivado de Mare Erythraeum, designação romana para o Mar Vermelho. O governo italiano encarregou o Instituto de Geografia Militar de Florença de produzir mapas topográficos detalhados e precisos da nova colônia. O instituto publicou este mapa em 1896. O mapa é composto por 16 folhas, cobrindo a totalidade da atual Eritréia, bem como parte do leste do Sudão e parte do norte da Etiópia. A exploração cartográfica italiana da Eritréia atingiu o seu auge em 1909, época em que a maior parte das atividades topográficas e geodésicas no local foram concluídas. Vários órgãos do governo italiano, inclusive o Ministério das Colônias e o Ministério de Relações Exteriores, continuou a publicar mais mapas detalhados da Eritréia e dos países adjacentes ao longo das primeiras décadas do século.

Data de Criação

Data do Assunto

Informação da Publicação

Instituto Geográfico Militar, Florença, Itália

Idioma

Título no Idioma Original

Carta dimostrativa della Colonia Eritrea e delle regioni adiacenti alla scala di 1:250,000

Outras Palavras-Chave

Tipo de Item

Descrição Física

2 mapas coloridos; 45 x 43 centímetros

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 28 de julho de 2014