Nova Mapa de Londres por Smith

Descrição

Por volta de 1800, a população de Londres tinha atingido um milhão, tornando-a a maior cidade do mundo. Até ao final da década de 1900, sua população estava próximo dos cinco milhões. O rápido crescimento de cidades como Londres criou novos desafios para os cartógrafos, incluindo nomes de rua confusos, o constante aparecimento de novas ruas e prédios, bem como o problema de alinhar a medição trigonométrica das ruas com medição real. O crescimento criou também uma nova demanda de mapas -- de empresas, seguradoras, agências governamentais e turistas. Este mapa de 1860 por C. Smith & Son mostra uma Londres bastante ampliada a partir do seu núcleo original ao longo do Rio Tâmisa para agregar novos bairros em todas as direções. As diferentes divisões da cidade são codificadas por cores. Charles Smith era um vendedor de mapas e globos, estabelecido por volta de 1800 na Strand 172, o qual se especializou em mapas e atlas da Inglaterra. O negócio de Smith foi depois assumido por seu filho, e perdurou até o início do 20século século.

Gravador

Data de Criação

Data do Assunto

Informação da Publicação

C. Smith & Son, Londres

Idioma

Título no Idioma Original

Smith's New Map of London

Tipo de Item

Descrição Física

1 mapa; cor; 36 x 63 centímetros

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 3 de julho de 2014