Uma Carta Confirmando Nobreza

Descrição

Este manuscrito da Cidade do México é o registro do testemunho oferecido por Sebastián Vizcaíno (1550?-1615), entre 1597-1600 para provar a condição de nobreza de sua esposa, Magdalena Martínez Orejón, e de seu irmão, Francisco Martínez Orejón. Vizcaíno era um  comerciante proeminente da Cidade do México e um explorador da Baja California. As provas de nobreza foram importantes para defender o cunhado de Vizcaíno, Francisco Martínez Orejón, numa ação judicial que o colocou na prisão por causa de dívidas. O texto foi escrito em estilo itálico, com tinta preta e inserido em molduras feitas à régua, em ambos os lados das folhas de papel. Duas folhas de miniaturas iluminadas em velino estão anexadas na parte frontal, com ilustrações na face da folha de rosto. A primeira folha tem duas miniaturas de meia-página. A ilustração na parte superior mostra Maria com Jesus Menino, rodeada por nuvens sobre uma paisagem. A ilustração na parte inferior mostra Cristo falando para um santo em um hábito franciscano no que parece ser a mesma paisagem. A miniatura de página inteira é um retrato em tamanho completo do patriarca da família Martínez, Ferrán Martínez, em armadura completa e com os olhos fixos no brasão de armas da família. A encadernação em couro mexicano gravado é comtemporânea ao manuscrito.

Última Atualização: 25 de setembro de 2015