A coleção de símbolos: explicação sobre a prevenção a respeito da orientação

Descrição

Jāmi’ al-Rumūz: Sharh Mukhtaṣar al-Wiqāya (A coleção de símbolos: explicação sobre a prevenção a respeito da orientação) de Shams al-Dīn Muhammad al-Quhustānī (morto por volta de 1546) consiste em um comentário sobre a Mukhtaṣar al-Wiqāya fi Masa‘il al-Hidaya (Breve explicação do livro sobre a prevenção a respeito da orientação para o verdadeiro caminho) de Ubayd Allāh ibn Masūd Mahbūbī, que morreu em 1346–1347. Al-Quhustānī foi um estudioso da Madhab Hanafi (uma das quatro escolas sunitas de fiqh ou jurisprudência religiosa) e um mufti em Bucara (atual Uzbequistão). A obra contém dois volumes que consistem em 46 seções chamadas livros. Cada livro é dedicado a uma determinada área da vida muçulmana, tal como a ablução, o jejum, o Haji, o casamento, a punição e a herança. A introdução apresenta pequenas biografias dos teólogos cujos nomes são citados no livro, em particular, os fundadores das escolas da lei religiosa. A obra em si é precedida por uma longa introdução escrita e acrescida para esta edição por Ahmad ibn Mahmud Qadi Zādah, ele mesmo um estudioso da escola Hanafi, na qual ele expõe as virtudes dos estudiosos das quatro escolas do pensamento. Esta edição foi publicada em 1880 pela Editora da Universidade do Imperador em Kazan, na Rússia. Fundada pelo czar Alexandre I em 1804, a Universidade de Kazan foi o centro principal de estudos orientais e de publicações islâmicas no Império Russo.

Data de Criação

Informação da Publicação

Editora da Universidade Imperial de Kazan, Kazan

Idioma

Título no Idioma Original

شرح مختصر الوقاية: جامع الرموز

Tipo de Item

Descrição Física

830 páginas

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 27 de abril de 2015