Ligações perigosas

Descrição

O escritor francês Pierre-Ambroise François Choderlos de Laclos (1741–1803) publicou Les Liaisons dangereuses (Ligações perigosas) em 1782, assinado apenas com suas iniciais. Considerado como uma obra extremamente escandalosa, o romance epistolar gravou o nome de Laclos na tradição literária do século XVIII, na qual a ficção em forma de cartas supostamente descobertas e memórias prosperavam, e a libertinagem e o anonimato andavam juntos. No romance, as personagens Merteuil e Valmont, membros aristocráticos de uma sociedade excessivamente educada e invulgar, perto do fim do antigo regime, armam uma armadilha infernal, na qual eles mesmos caem, levando a história a um final trágico. O sucesso prodigioso de Les Liaisons dangereuses só foi igualado pelo de Jean-Jacques Rousseau La Nouvelle Héloïse (A jovem Heloise) 20 anos antes. O romance, que Laclos inicialmente intitulou Le danger des liaisons (O perigo das ligações), é repleto de tensão e ambiguidade moral, e os críticos têm debatido por muito tempo se Laclos pretendia escrever uma obra expondo a decadência da sociedade aristocrática da época. Este manuscrito é uma cópia de um esboço inicial desconhecido, trabalhado por Laclos em dois momentos distintos. Laclos reordenou algumas das cartas do romance posteriormente.

Informação da Publicação

Paris

Idioma

Título no Idioma Original

Les Liaisons dangereuses

Outras Palavras-Chave

Tipo de Item

Descrição Física

Manuscrito assinado, versão intermediária corrigida. Papel, 93 páginas; 25,5 x 20 centímetros. Meia encadernação em marfim

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 18 de agosto de 2014