A Hindu Kush e Passagens Entre o Cabul e o Oxus

Descrição

Este mapa foi publicado, originalmente, na edição de fevereiro de 1879 dos Anais da Sociedade Geográfica Real e Registros Geográficos Mensais, em conexão com um artigo de C.R. Markham intitulado "A Bacia Superior do Rio Cabul". A Hindu Kush é uma cadeia de montanhas elevadas, que se estende por cerca de 800 km em uma direção de nordeste a sudoeste das montanhas Pamir, perto da fronteira da China com o Paquistão, através do Paquistão, e para o oeste do Afeganistão. A cordilheira forma a divisão de drenagem entre dois grandes sistemas hidrográficos, o Rio Amu Darya, a noroeste, e o Rio Indus, ao sudoeste. Os gregos antigos chamavam o Amu Darya de Oxus, o nome utilizado neste mapa. Historicamente, as passagens através da Hindu Kush foram de grande importância militar. Alexandre, o Grande (356-323 aC) cruzou estas montanhas com o seu exército em 329 AC, provavelmente sobre a passagem de Khawak, durante uma campanha para reprimir uma revolta contra a sua autoridade em Bactria, uma província do Império Persa.

Data de Criação

Data do Assunto

Informação da Publicação

Edward Stanford, Londres

Idioma

Título no Idioma Original

The Hindu Kush and Passes Between the Kabul and Oxus

Tipo de Item

Descrição Física

1 mapa, 28 x 44 centímetros

Observações

  • Escala [1:1.520,640] "24 milhas para 1 polegada" (E 680--E 740/N 370--N 340)

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 30 de setembro de 2016