Memoriais de Lü Xinwu

Descrição

Memoriais eram memorandos pessoais apresentados por oficiais ao imperador, geralmente com propostas de ação. Era um dos principais meios de comunicação entre o imperador e seus oficiais. Os memoriais fornecem um panorama sobre as opiniões da época a respeito de vários assuntos, e são importantes fontes históricas. Esta é uma coletânea de memoriais de Lü Kun (1536–1618), nome de cortesia Xinwu. Lü Kun foi erudito e pensador que conseguiu seu diploma jin shi em 1574 aos 38 anos, após ter passado o período de luto por seus pais. Seus inúmeros trabalhos abrangem vários assuntos, incluindo política, economia, leis penais, questões militares, irrigação, educação, rimas e medicina. Seus trabalhos têm sido reeditados ao longo dos séculos, desde a dinastia Ming até os dias de hoje. Entre seus postos oficiais estava o de vice-ministro do Gabinete da Justiça. Durante os anos em que atuou como governador da província de Shanxi, publicou Shi zheng lu (Registros sobre como governar), trabalho sobre o alívio dos famintos, política pessoal e outros tópicos, e foi bem recebido e lido pelos oficiais. Depois de servir durante 26 anos, frustrado e cansado da política e da falta de ação da corte, e após a morte de sua esposa, solicitou afastamento alegando doença. Seu pedido foi atendido. Esta coleção, em dois juan em quatro volumes, foi editada pelo filho de Lü Kun, Lü Zhiwei, e impressa em 1604. Entretanto, um memorial, no juan 2, foi adicionado seis anos depois, em 1610, e intitulado You wei (Medo do perigo). O prefácio foi escrito por Yang Dongming (1548–1624), um dos alunos de Lü.

Data de Criação

Data do Assunto

Informação da Publicação

China

Idioma

Título no Idioma Original

新吾奏疏

Tipo de Item

Descrição Física

2 juan em 4 volumes

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 29 de setembro de 2014