Registros de Zixia, a garganta púrpura

Descrição

Cao Zongzai (1754–1824), natural de Haining, província de Zhejiang, uma cidade famosa por suas paisagens dramáticas e pelo macaréu espetacular no rio Qiantang, produziu várias coleções de poesia. Entre elas está este manuscrito, compilado em seu estúdio, Dongshanlou (Salão da montanha do leste), em dois juan, em um volume, intitulado Zi xia wen xian lu (Registros de Zixia, a garganta púrpura). Outra coleção de Cao tinha o nome de Xiachuan shi chao (A coleção de poesia Xiachuan). No final do século XVIII e início do século XIX, os literatos locais escreveram sobre o cenário de Haining e seus arredores, o que se tornou um tema popular para trabalhos artísticos e literários. Xiachuan, uma cidade ao nordeste de Haining, era famosa por suas 12 paisagens cênicas imortalizadas nos versos da poetisa Xu Ying da dinastia Ming. Cao Zongzai compilou enormes coleções de poemas para seus diversos projetos de história local. Ele e 19 amigos literários escreveram poemas para se igualar aos poemas de Xu Ying sobre Xiachuan, reunidos nesta antologia em 1803 e, mais tarde, incorporados ao dicionário geográfico local editado por Cao Zongzai. O manuscrito inclui listas de autores locais da dinastia Ming que ficaram em Zixia (A garganta púrpura), com detalhes de suas obras, personagens virtuosos e descrições dos locais. Assim, a obra é tanto um diretório local das personalidades famosas quanto uma coleção de poesia. A antologia tem um prefácio datado de 1828, escrito por Lu Jinghua, que também era poeta.

Data do Assunto

Informação da Publicação

China

Idioma

Título no Idioma Original

紫峽文獻錄

Tipo de Item

Descrição Física

2 juan em 1 volume

Observações

  • Edição manuscrita

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 8 de julho de 2014