Memoriais de Zhang Xianghe ao trono

Descrição

Esta obra contém memoriais escritos por Zhang Xianghe (1785-1862), datados de janeiro a dezembro de 1853, o terceiro ano do reinado de Xianfeng, com os do mês de janeiro incompletos. De acordo com a biografia de Zhang Xianghe no capítulo sete da Qing shi gao (História da dinastia Qing), Zhang obteve seu jin shi (doutorado) em 1820 e assumiu diversos postos, chegando ao cargo de presidente do Ministério de Obras em 1859-1861. Em 1853, quando esses memoriais foram escritos, Zhang foi chamado à capital deixando a província de Shaanxi, onde tinha sido o magistrado presidente. Estes memoriais foram provavelmente escritos enquanto ele ainda estava em Shaanxi, mas eles não foram impressos na época, portanto, partes deles foram perdidas. Em um de seus memoriais, Zhang propôs que devido às ações militares crescentes na região sudeste, era imperativo reforçar a formação das forças militares e aumentar as defesas. Ele também recomendou o sistema bao jia (um sistema administrativo para a organização da população com base em famílias) para manter a ordem pública. Apenas oito dos prováveis 50 ou 60 volumes de memoriais de Zhang foram encontrados, documentos esses, escritos em seu último ano como magistrado. Não existe informação disponível se os outros volumes ainda existem.

Informação da Publicação

Shaanxi

Idioma

Título no Idioma Original

張祥河奏稿

Tipo de Item

Descrição Física

8 volumes

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 18 de março de 2015