Salve os sérvios da cólera

Descrição

Este pôster da Primeira Guerra Mundial, publicado em Nova York em 1918 para angariar fundos para o Hospital de Campo Franco-Sérvio da América, mostra a figura da Morte descendo em nuvens de tempestade para ameaçar uma população devastada. De todos os beligerantes de ambos os lados, a Sérvia foi o que sofreu o maior número de mortes de militares como uma parcela da população: 22,7 porcento da população masculina entre 15 e 47 anos foi morta e 5,7 porcento da população total. As mortes relacionadas à guerra também foram compostas pelos efeitos da pandemia de cólera mundial, que devastou tanto o exército sérvio quanto a população civil. Este pôster é de Boardman Robinson (1876 a 1952), um artista e ilustrador de livros canadense-americano de esquerda que viajou para a Europa em 1915 com o jornalista John Reed, onde testemunhou em primeira mão os efeitos da guerra na Sérvia, na Rússia, na Macedônia e na Grécia. A Sérvia era um aliado da Grã-Bretanha, da França, da Rússia e dos Estados Unidos, após sua entrada na guerra em abril de 1917, e sua situação produziu grande simpatia entre o público americano.

Data de Criação

Data do Assunto

Idioma

Título no Idioma Original

Save the Serbians from Cholera

Lugar

Tipo de Item

Descrição Física

1 exemplar (pôster): litografia; 91 x 61 centímetros

Referências

  1. Bobst Library, New York University, Labor Arts, “Boardman Robinson (1876–1952),” http://www.laborarts.org/exhibits/themasses/bios.cfm?bio=boardman-robinson.
  2. Niall Ferguson, The Pity of War (New York: Basic Books, 1999).
  3. John Reed, The War in Eastern Europe, Described by John Reed, Pictured by Boardman Robinson (New York: C. Scribner’s Sons, 1916).

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 10 de fevereiro de 2014