Mulheres alemãs protestam contra a ocupação do Reno por negros

Descrição

Este pôster, que mostra um enorme soldado africano sentado às margens do Rio Reno, de frente a um castelo sobre uma colina, foi parte da campanha de propaganda alemã no início da década de 1920 contra a ocupação militar estrangeira da Renânia. Sob o armistício de 11 de novembro de 1918 que terminou com a Primeira Guerra Mundial e com o subsequente Tratado de Versalhes, Bélgica, França e Estados Unidos receberam o direito de ocupar o território alemão ao longo do Reno. Os alemães ressentiram amargamente a ocupação e os círculos nacionalistas usaram todos os tipos de propaganda para promover agitações contra a ocupação. Dentre as técnicas empregadas estava a de espalhar rumores sobre assassinatos e ataques perpetrados pelas tropas coloniais francesas, especialmente africanas, contra mulheres alemãs. Essas histórias eram geralmente falsas; a imensa maioria das tropas coloniais na Alemanha não era, em todo caso, proveniente da África Ocidental, mas composta por árabes do norte da África. Este pôster é da Rehse-Archiv für Zeitgeschichte und Publizistik, uma coleção de pôsteres, panfletos e todos os tipos de propaganda alemã reunida em Munique por Friedrich J. M. Rehse (1870 a 1952). A coleção foi confiscada pelas autoridades da inteligência militar dos EUA em 1945 e 1946, depois da derrota da Alemanha na Segunda Guerra Mundial, e transferida para a Biblioteca do Congresso.

Data de Criação

Data do Assunto

Informação da Publicação

Dinse & Eckert, Berlim

Idioma

Título no Idioma Original

Protest der deutschen Frauen gegen die farbige Besatzung am Rhein

Tipo de Item

Descrição Física

1 exemplar (pôster): litografia colorida; 95 x 71 centímetros

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 10 de fevereiro de 2014