Crônica de Cavaleiros em Armadura

Descrição

Este livro sobre o modo de conduta apropriado para um cavaleiro foi escrito em francês por volta de 1410 por Christine de Pisan, a primeira autora prolífica e respeitada da Europa. Foi traduzido em inglês e impresso por William Caxton (1422?-91), em 1489, por ordem de Henry VII, que desejava torná-lo disponível aos soldados ingleses. O livro continha não apenas regras de conduta, tais como um cavaleiro vitorioso deveria tratar um prisioneiro de guerra, mas também informações práticas que Pisan havia adquirido a partir de vários textos clássicos, por exemplo, como escolher o melhor local para armar uma tenda e como evitar que um castelo fosse cercado. Caxton foi o primeiro impressor inglês. Ele traduzia do francês muitas das obras que imprimia, muitas vezes adicionando prólogos ou epílogos, demonstrando sua erudição, bem como sua habilidade como impressor. Esta obra é um exemplo de um incunabulum, uma expressão do latim que significa desde o berço, que é utilizada por bibliotecários e bibliófilos para se referirem aos livros impressos na Europa antes de 1501.

Data de Criação

Data do Assunto

Informação da Publicação

William Caxton, Westminster

Idioma

Título no Idioma Original

Boke of the Fayt of Armes and of Chyualrye

Lugar

Tipo de Item

Descrição Física

144 folhas: 28 centímetros

Observações

  • Em grande parte, uma compilação das obras de Vegetius, Frontinus, Valerius Maximus, Honore Bonet, e uma autoridade da época em cercos. Livros 3.4 são baseados nas L'arbre des batailles de Bonet.

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 18 de setembro de 2015