Canadenses irlandeses. Alistem-se em um Batalhão Irlandês e Canadense. 199º Batalhão da Força Expedicionária Canadense de Soldados Canadenses Irlandeses

Descrição

Este pôster de recrutamento do Canadá para a Primeira Guerra Mundial mostra dois soldados dando um aperto de mão, um deles presumivelmente canadense, e o outro, irlandês, enquanto um deles aponta para o lema: “As pequenas nações devem ser livres”. O segundo plano apresenta uma folha de bordo e trevos, que são símbolos, respectivamente, do Canadá e da Irlanda. O endereço do escritório de recrutamento e o nome do comandante, Tenente-Coronel H. J. Tirhey, são fornecidos na parte inferior do pôster. Durante a guerra, muitos imigrantes irlandeses no Canadá se voluntariaram para servir nas forças armadas canadenses. Para auxiliar no recrutamento, o governo canadense arregimentou um batalhão só de irlandeses, o 199º Batalhão Ultramarino de Soldados Canadenses Irlandeses. Os soldados viajaram para a Europa em dezembro de 1916 e realizaram uma excursão triunfal pela Irlanda entre janeiro e fevereiro de 1917. Os canadenses irlandeses foram enviados para a França. No entanto, o batalhão nunca lutou como uma unidade; em vez disso, seus homens foram usados para substituir soldados mortos ou feridos em outras unidades canadenses que lutavam no fronte ocidental. Em 17 de maio de 1917, o batalhão foi absorvido pelo 23º Batalhão de Reserva, da Força Expedicionária Canadense.

Última Atualização: 14 de novembro de 2017