Seguindo os caminhos de nossos pais nas patentes do exército polonês para a pátria mãe e a liberdade

Descrição

Este cartaz da Primeira Guerra Mundial mostra um cavaleiro alado em um cavalo, se dirigindo a uma batalha. O texto, em inglês e polonês, incentiva homens de origem polonesa que moram nos Estados Unidos a se alistarem no exército polonês. A Polônia foi dividida pela Rússia, Prússia e Império Austríaco em 1795 e sua soberania não foi recuperada até 1918. Portanto, não havia uma Polônia independente durante a Primeira Guerra Mundial. Mas muitos poloneses acreditavam que a causa da independência nacional poderia ser conquistada com o apoio a Inglaterra, França e Rússia contra as potências do Eixo, especialmente depois de dezembro de 1916, quando o czar Nicholas II declarou que um dos objetivos de guerra da Rússia era uma Polônia independente. Estima-se que 20.000 poloneses que viviam nos Estados Unidos tenham se inscrito em um exército polonês que foi formado em 1917 em solo francês. Este cartaz é de Wladyslaw Teodor Benda (1873 a 1948), que nasceu em Poznan, Polônia. Benda estudou na Escola de Belas Artes da Cracóvia e imigrou para os Estados Unidos em 1911, onde trabalhou como pintor, ilustrador e designer.

Data de Criação

Data do Assunto

Título no Idioma Original

Sladami Ojcow Naszych w Szeregach Armii Polskiej za Ojczyzne i Wolnosc

Tipo de Item

Descrição Física

1 exemplar (cartaz): litografia; 91 x 82 centímetros

Referências

  1. “Wladyslaw Teodor Benda (1873—1948),” The Kosciuszko Foundation, http://www.thekf.org/about/gallery/artists/Benda/.

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 25 de outubro de 2013