Emblemas de Liberdade e Humanidade. A Cruz Vermelha, mãe de todas as nações

Descrição

Este cartaz, com texto em japonês e inglês, é parte de uma série lançada pela Cruz Vermelha Americana durante a Primeira Guerra Mundial, e contém as bandeiras dos países aliados ou associados com os Estados Unidos na guerra. Este cartaz mostra duas enfermeiras da Cruz Vermelha. Uma enfermeira, representada como se fosse a Virgem Santa, segura em seus braços uma padiola usada para transportar soldados feridos, entre as bandeiras do Panamá e dos Estados Unidos. O título diz: "Emblemas da liberdade e da humanidade. A Cruz Vermelha, mãe de todas as nações". O Japão entrou na guerra no lado da Grã-Bretanha e da França, em 23 de agosto de 1914, ostensivamente para cumprir suas obrigações de acordo com o Tratado Anglo-Japonês de 1911, mas na prática para tomar as posses da Alemanha na Ásia e no Pacífico. Como consequência de ter entrado na guerra, o Japão foi proeminentemente representado como grande potência na Conferência pela Paz de Paris, em 1919, que produziu a Carta da Liga das Nações e o Tratado de Versalhes.

Última Atualização: 14 de novembro de 2017