Papai, o que você fez na Grande Guerra?

Descrição

Até entrar em vigor a Lei do Serviço Militar que introduziu o serviço militar obrigatório em 2 de março de 1916, o exército britânico na Primeira Guerra Mundial era formado inteiramente por voluntários. Muitos dos cartazes mais famosos da guerra eram exortações de recrutamento. Este cartaz de 1915, desenhado e impresso pela Johnson, Riddle & Company de Londres para a Comissão Parlamentar de Recrutamento, mostra um pai no conforto da poltrona de sua casa, finda a guerra, interpelado pelos filhos: “Papai, o que VOCÊ fez na Grande Guerra?” A propaganda comercial nos jornais e revistas de circulação em massa era um setor bem desenvolvido na Grã-Bretanha no início do século XX. O trabalho de muitos de seus profissionais mais talentosos (designers gráficos, redatores e artistas) foi aproveitado na propaganda de guerra. Este cartaz, que retrata o conforto da classe média e seu apelo psicológico ao pai, reflete a influência da indústria da propaganda nas exortações ao patriotismo e serviço militar nos tempos da guerra. A “Grande Guerra” foi o termo amplamente empregado na Europa, principalmente antes da Segunda Guerra Mundial, para o que, mais tarde, se tornou a Primeira Guerra Mundial. Este cartaz mostra que o termo já estava em franco uso em 1915.

Data de Criação

Data do Assunto

Informação da Publicação

Comitê Parlamentar de Recrutamento, Londres

Idioma

Título no Idioma Original

Daddy, What Did You Do in the Great War?

Tipo de Item

Descrição Física

1 exemplar (cartaz): litogravura colorida; 76 x 50 centímetros

Referências

  1. Roy Douglas, “Voluntary Enlistment in the First World War and the Work of the Parliamentary Recruiting Committee,” Journal of Modern History 42, number 4 (December 1970).

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 20 de junho de 2014