Cartaz de propaganda inglesa direcionado ao público muçulmano chinês

Descrição

Este raro cartaz da Primeira Guerra Mundial, lançado pela Inglaterra na China, tinha o objetivo de desmerecer a Alemanha entre os muçulmanos chineses. Ele mostra um retrato do Governador Imperial alemão Heinrich Schnee e uma cópia de uma carta dele, escrita em alemão, ordenando a supressão do islamismo na África. O cartaz mostra ainda duas fotografias de Fort Moshi (atualmente a Tanzânia, na época, a África Oriental Alemã), onde se diz que a carta foi encontrada pelos britânicos. O texto em chinês do cartaz explica as atividades anti-islâmicas dos alemães. Uma carta do vice-cônsul americano em Nanquim está anexada ao cartaz, explicando que o cartaz foi distribuído por um "Comitê Britânico de Propaganda" e seu objetivo era alertar os muçulmanos chineses quanto às "mentiras e deslealdades" dos alemães. Schnee era oficial de carreira do Departamento Colonial de Relações Exteriores da Alemanha e de sua organização sucessora, o Escritório Imperial nas Colônias. Ele atuou como governador da África Oriental Alemã de 1912 a 1919. A carta atribuída a Schnee no cartaz possivelmente era uma farsa.

Data de Criação

Título no Idioma Original

British Propaganda Poster Intended for Chinese Muslim Audience

Tipo de Item

Descrição Física

1 impressão fotomecânica (cartaz): meio-tom; 101 x 66 centímetros

Referências

  1. Ralph Erbar, “Schnee, Albert Hermann Heinrich,” Neue Deutsche Biographie (Berlin: Duncker & Humblot, 1952–2008).

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 25 de outubro de 2013