Rapazes, ao campo. Tragam seu companheiro e façam sua parte

Descrição

Na Primeira Guerra Mundial, o Canadá estabeleceu a corporação Soldados do Campo, em que rapazes de 15 a 19 anos eram incentivados a se voluntariarem para trabalhar no campo durante os verões, substituindo os agricultores que tinham se alistado no serviço militar. No total, 22.385 rapazes se inscreveram como “soldados do campo”. Este cartaz, lançado pelo Conselho de Alimentos do Canadá, é um apelo para a mão de obra agrícola. Ele mostra um rapaz vestindo um uniforme dos Soldados do Campo e soprando um clarim para atrair outros rapazes para a corporação. Em segundo plano, outros rapazes vestindo o uniforme da organização seguem para os campos. O texto indica que o rapaz que toca o clarim está vestindo a farda oficial do Soldado do Campo, autorizado pelo Conselho de Alimentos do Canadá e produzido pela empresa Montreal Shirt & Overall Co., Ltd. Em troca de sua mão de obra, os soldados recebiam alojamento, ajuda de custo e, no caso de alunos do ensino médio, isenção das aulas e dos exames finais. Ao concluírem o período e a “licença honrada”, eles recebiam ainda um selo de reconhecimento por seu serviço, em geral em uma cerimônia na comunidade. A província de Ontário estabeleceu um programa paralelo, a corporação de Serviços Agrícolas, na qual as moças (conhecidas como “Farmerettes”) podiam ser voluntárias para o trabalho no campo.

Informação da Publicação

Howell Lithography, Ontário, Canadá

Idioma

Título no Idioma Original

Boys to the Farm. Bring Your Chum and Do Your Bit

Tipo de Item

Descrição Física

1 exemplar (cartaz): litografia colorida; 63 x 46 centímetros

Referências

  1. Canadian War Museum, “Canada and the First World War: Farming and Food,” http://www.warmuseum.ca/cwm/exhibitions/guerre/farm-food-e.aspx.

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 25 de outubro de 2013