Apoie-os. Invista no Empréstimo da Guerra

Descrição

Este cartaz de 1915 lançado em Londres pelo Comitê de Economias de Guerra do Parlamento, mostra um homem próspero e bem vestido com a mão no bolso, enquanto observa soldados e a artilharia passando ao fundo. O texto relata: "Meu dever". Durante a Primeira Guerra Mundial, o governo britânico dependia muito dos empréstimos para financiar o custo de guerra. O Tesouro emitiu o primeiro empréstimo de guerra em novembro de 1914 a uma taxa de juros de 3,5 por cento, seguido de um segundo empréstimo em junho de 1915 a 4,5 por cento. O Comitê de Economias de Guerra do Parlamento, uma organização entre partidos estabelecida em julho de 1915 como uma extensão do Comitê de Recrutamento do Parlamento, produziu vários cartazes pressionando os cidadãos a emprestar suas economias ao governo. Com apelos como este e com a oferta de taxas de juros relativamente altas — 5 por cento em 1917 — a Grã-Bretanha conseguiu financiar grande parte de seu esforço de guerra. No entanto, esses empréstimos se provaram um pesado fardo à economia do pós-guerra e contribuíram para o declínio do poder e da prosperidade britânica décadas depois da guerra.

Data de Criação

Data do Assunto

Informação da Publicação

Comitê de Economias de Guerra do Parlamento, Londres

Idioma

Título no Idioma Original

Back Them Up. Invest in the War Loan

Tipo de Item

Descrição Física

1 exemplar (cartaz): litografia colorida; 74 x 50 centímetros

Referências

  1. Roy Douglas, “Voluntary Enlistment in the First World War and the Work of the Parliamentary Recruiting Committee,” Journal of Modern History 42, number 4 (December 1970).

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 25 de outubro de 2013