Poemas do Imperador Kangxi sobre os Trinta e Seis Pontos Cênicos de Bi Shan Zhuang, Estância Imperial de Verão

Descrição

Bi shu shan zhuang é o maior jardim de palácio imperial da China. Situado em Rehe (atualmente Chengde, na província de Hebei) no vale de um rio rodeado por montanhas ao oeste, norte e leste, a vila é composta pelos salões palacianos, lagos, planícies e montanhas. A construção do complexo perdurou por muitos anos, tendo começado em 1703 sob o reinado do Imperador Kangxi (1654-1722). Por ocasião da conclusão do complexo do palácio principal, em 1711, Kangxi conferiu o título de Bi shu shan zhuang (Vila de Verão da Montanha) à vila, e selecionou 36 pontos turísticos e compôs um poema para cada local. Este trabalho contém os poemas do imperador, com ilustrações requintadas executadas pelo pintor da corte, Shen Yu. O trabalho foi publicado no ano 51 (1712) do reinado de Kangxi, com anotações de Kuixi, Li Tingyi, e outros, por determinação do imperador. Inclui também um prefácio pelo imperador. Kangxi, bem como os subsequentes imperadores Qing, passaram a maior parte do ano em Bi shu shan zhuang. Kangxi, que subiu ao trono em 1662, aos sete anos de idade, e reinou por 61 anos, até sua morte em 1722, é considerado um dos maiores imperadores da China, e o que por mais tempo reinou. Em 1994, a Vila de Verão da Montanha foi designada Patrimônio Mundial da UNESCO.

Última Atualização: 8 de julho de 2014