A Jovem Donzela Oshichi

Descrição

O termo ukiyo-e, literalmente "retratos do mundo flutuante" se refere a um gênero de obra de arte japonesa no período Edo (1600-1868). Como a frase "mundo flutuante" sugere, com suas raízes na visão efêmera do Budismo, ukiyo-e capturava a dinâmica fugaz da vida urbana contemporânea. Ao mesmo tempo que eram acessíveis e satisfaziam os gostos das "pessoas comuns", os detalhes artístico e técnico dessas pinturas mostram uma sofisticação notável. Seus temas vão de retratos de cortesãs e atores à literatura clássica. Da série Edo Meisho (Lugares famosos de Edo), esta gravura de 1867 retrata Yaoya Oshichi (1666-1683), a jovem filha de um verdureiro. O koma-e (esboço) acima de sua cabeça mostra um lugar famoso em Edo, conhecido como Ai no Uchi. Quando a casa da família queimou no grande incêndio de 1682, Oshichi e seu pai se refugiaram em um templo, onde Oshichi se apaixonou por um jovem que estava estudando lá. Pai e filha voltaram para casa uma vez que sua casa foi reconstruída, mas, para voltar ao templo e ficar com seu amor, Oshichi incendiou a casa novamente. Sua punição foi arder na fogueira em 1683 quanto tinha 17 anos. A história Oshichi é contada no teatro Kabuki e de fantoches, onde sua personagem é retratada em um quimono com um característico desenho de cânhamo em forma de estrela associado a ela.

Data de Criação

Data do Assunto

Informação da Publicação

Loja Masuda diante do templo de Shinmei Shiba mae, Japão

Idioma

Título no Idioma Original

お七

Tipo de Item

Descrição Física

1 gravura: xilogravura, colorida; 38 x 25,4 centímetros

Observações

  • Das séries: Edo meisho awase no uchi : Lugares famosos de Edo.

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 18 de setembro de 2015