Um Norte Americano: Retrato de Perry

Descrição

O Comodoro Matthew C. Perry entrou no porto de Yokohama em 1853 com uma intimidadora frota de navios de guerra a vapor, a fim de obrigar o Japão a se abrir depois de quase dois séculos de contato externo restrito. Os japoneses tornaram-se cada vez mais expostos à cultura ocidental, conforme novos acordos comerciais incitavam a interação inter-cultural. O influxo de tecnologia e costumes desconhecidos deu origem à ansiedade, assim como temor entre o povo japonês, cuja curiosidade sobre o mundo externo é evidente nas descrições detalhadas de assuntos estrangeiros por artistas de ukiyo-e (retratos do mundo flutuante). Com a chegada de Perry, Yokohama-e (retratos de Yokohama) representando a porta de negociação comercial que ele abriu, tornou-se extremamente popular. Artistas normalmente baseavam as suas ilustrações em material secundário, bem como relatos de testemunhas, logo, equívocos e estereótipos de estrangeiros eram comuns. Neste retrato do comodoro, o branco de seus "olhos azuis" estão pintados de azul em vez das pupilas.

Última Atualização: 23 de fevereiro de 2012