Farmacopeia básica prática e classificada de Daguan com base nos clássicos históricos

Descrição

Jing shi zheng lei Daguan ben cao (Farmacopeia básica prática e classificada de Daguan com base nos clássicos históricos) foi compilada por Tang Shenwei, nome de cortesia Shenyuan, natural de Huayang, Chengdu, um praticante da medicina ativo nos séculos XI e XII e descendente de uma família de médicos. Daguan se refere ao período de reinado (de 1107 a 1110) do imperador Huizong da dinastia Song. Durante o reinado de Yuanyou (de 1086 a 1094), o tutor de Tang foi o famoso médico Li Duanbo. Tang juntou e registrou cada fórmula médica e teoria de obras clássicas e históricas. Sua principal fonte de consulta foi Jiayou ben cao (Matéria médica do reinado de Jiayou da dinastia Song), mas ele também consultou outras 247 obras antes de finalizar sua compilação. A farmacopeia de Tang aparece arrolada na obra Zhizhai shu lu jie ti (Notas explicativas sobre títulos no estúdio Zhizhai) de Chen Zhensun como Jing shi zheng lei bei ji ben cao (Matéria médica classificada para emergências) em 30 juan. Junzhai du shu zhi (Registros de livros lidos no estúdio Junzhai), de Chao Gongwu, lista a obra de Tang como Zheng lei ben cao (Matéria médica classificada), em 32 juan. Ambas as obras listam Tang Shenwei como compilador. Durante a dinastia Qing várias edições estiveram disponíveis. Uma delas foi a edição Zongwen Shuyuan do sexto ano (1302) do reinado de Dade da dinastia Yuan. Outra foi a edição Chenghua de 1468 da dinastia Ming, uma reedição da edição de 1204 da dinastia Jin. A edição da dinastia Jin foi impressa mediante ordem imperial por Yang Jian em Huimingxuan, no sexto ano (1116) de Zhenghe da dinastia Song. O editor foi Cao Xiaozhong, que também escreveu um prefácio na obra. O título foi alterado para Zhenghe ben cao (Matéria médica do reinado Zhenghe). A edição de 1577 do quinto ano do reinado Wanli da dinastia Ming foi uma reedição da edição Zongwen Shuyuan, com prefácio de Ai Cheng, magistrado do município de Renhe, segundo o qual a obra continha 31 juan e um juan a mais com o índice. Esta cópia é a edição de 1302, publicada por Zongwen Shuyuan, com 31 juan. No entanto, o frontispício desta cópia traz uma observação escrita à mão pelo bibliógrafo e colecionador Yang Shoujing (de 1839 a 1915) do período final da dinastia Qing, onde ele data a cópia como uma edição Song do Sul, indicando como prova a ausência de marca ou selo da editora Zongwen Shuyuan no final do prefácio. O texto descreve as categorias de jade e pedra, grama, árvores, ser humano, animais, pássaros, insetos e peixes, frutas, grãos e legumes. Cada categoria é composta por três graus. Jiayou ben cao continha 1.118 medicamentos, ao qual Tang Shenwei adicionou 628, elevando o número total de medicamentos discutidos no livro para 1.746. O rico conteúdo da obra, a grande praticidade e a popularidade entre os médicos resultaram em sua ampla distribuição. Aqui apresentamos o prefácio, o índice e o juan um.

Data de Criação

Informação da Publicação

Zongwen Shuyuan

Idioma

Título no Idioma Original

经史证类大观本草

Tipo de Item

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 29 de outubro de 2015