Livro completo sobre cuidados infantis

Descrição

Bao Ying quan shu (Livro completo sobre cuidados infantis) foi compilado por Xue Kai e ampliado por Xue Ji, seu filho. Esta edição foi impressa no 17º ano (1589) do reinado de Wanli por Zhao Kehuai (falecido em 1603), inspetor de circuito em Shaanxi. A obra apresenta três prefácios: um escrito por Wang Ji, datado de 1583; outro por Zhao Kehuai, datado de 1582; e o último por Gong Yiqing, datado de 1584. Em seu prefácio, Wang Ji indicou que a obra continha dois juan, chamados juan interno e externo. Zhao Kehuai afirmou em seu prefácio que adquiriu primeiro o juan interno durante uma inspeção no leste de Guangdong, e imprimiu-o com o título Bao ying cuo yao (Noções básicas de cuidados infantis). Mais tarde ele adquiriu o juan externo. No início ele queria usar o título Bao ying xu ji (Continuação aos cuidados infantis), mas como sugestão de Wang Ji, o título foi mudado para sua forma atual, e a obra foi impressa em Fujian, com 20 juan e 20 volumes. Durante um trabalho na região de Guanzhong, Zhao soube através de funcionários do governo provincial que a região de Shaanxi carecia de médicos bons, solicitando então ao escritório regional da comissão de administração provincial a reimpressão da obra. O compilador, Xue Kai, nome de cortesia Liangwu, natural de Wuxian, trabalhou na Academia Imperial de Medicina durante o reinado de Hongzhi (de 1488 a 1505). Ele admirava muito Zhang Yuansu (de 1151 a 1234), médico Jin, e Chen Wenzhong e Qian Yi (de 1032 a 1113), pediatras Song. O filho de Xue Kai, Xue Ji, ampliou e complementou a obra, impressa no 35º ano (1556) do reinado de Jiajing. Xue Ji (de 1487 a 1559), nome de cortesia Xinfu, nome de estilo Lizhai, continuou a profissão da família e tornou-se membro da Academia Imperial de Medicina, no primeiro reinado de Zhengde (de 1506 a 1521). Mais tarde, em 1519, ele foi promovido para o cargo de médico imperial na academia e nomeado assistente administrativo na sede da academia. Xue Ji se aposentou em 1530, voltando a sua terra natal. Ele ficou conhecido na medicina interna, especialmente pela ênfase que deu ao baço, aos rins e ao estômago. Xue Ji seguiu a tradição de tonificação quente (uso de ervas com sabor doce e propriedades de bem-estar), de outros remédios de ervas chineses e tratamentos que incluíam elevar o qi, conforme apresentado por Li Gao (1180 a 1251), um médico Song, e também enfatizou as importantes funções que o baço e o estômago possuem no corpo. Ele foi o autor de várias obras, incluindo Nei ke zhai yao (Fundamentos da medicina interna), Wai ke fa hui (Perspectivas sobre a medicina externa), Wai ke xin fa (A essência interior da medicina externa), Nü ke cuo yao (Noções básicas sobre as doenças das mulheres), e Kou chi lei yao (Sinopses classificadas de doenças bucais e dentais). Aqui apresentamos os prefácios, o índice e o juan um.

Última Atualização: 29 de outubro de 2015