Descrição Botânica do Chiranthodendron

Descrição

Pouco é conhecido sobre José Dionisio Larreátegui, a não ser que foi ativo no México, por volta de 1795, a data que ele publicou seu trabalho sobre a Chiranthodendron, pelo qual ele é lembrado. O fim do anos 1700 foi um tempo de intensa atividade científica no México, então parte do Império Espanhol. Em 1787, o Rei Carlos III, autorizou uma grande expedição botânica, o estabelecimento de um jardim botânico e um curso para estudo científico na Universidade da Cidade do México. Larreátegui, um estudante de medcina na Real e Pontifícia Universidade do México, completou o novo curso de botânica na universidade em 1794. Em 1795, ele foi chamado a fazer um discurso para o curso na abertura do novo ano acadêmico. Ele escolheu como tema o Sistema de Lineu de nomear e descrever as plantas, com uma descrição da Chiranthodendron como exemplo. Sua palestra foi então publicada sob o título de Descrições de Plantas. A monografia de Larreátegui marcou a primeira vez que esta planta foi descrita e chamada de Chiranthodendron pentadactylon. A planta é na verdade uma árvore, conhecida naquela época por um único espécime de longa vida em Toluca, no Vale do México, que foi reverenciada pelos nativos e usada em medicamentos para a dor e inflamação. A monografia de Larreátegui, junto com espécimes de folhas secas, flores e sementes da árvore, encontraram seu caminho para a França pelas mãos de Daniel Lescallier, um naval francês e administrador colonial. Lescallier reconheceu a importância da planta e publicou a tradução da Monografia de Larreátegui em 1805, colocando o nome do autor como Joseph-Denis Larréategui.

Data de Criação

Data do Assunto

Informação da Publicação

De L'imprimerie impériale, Paris

Título no Idioma Original

Description botanique du Chiranthodendron

Outras Palavras-Chave

Tipo de Item

Descrição Física

28 páginas, 2 folhas de placas: ilustrações coloridas, 27 centímetros

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 18 de setembro de 2015