A explicação da “Anatomia dos céus”, por al-‘Āmilī

Descrição

Este manuscrito contém um tratado astronômico anônimo que provavelmente foi produzido no século XVIII ou início do século XIX. A única data preservada no manuscrito é 1232 A.H. (1816), que é encontrada na última página escrita (verso do fólio 65), junto com uma lista de títulos de livros e de uma nota breve que parece ter sido riscada. O terminus ante quem (última data possível) para a produção do manuscrito é, portanto, 1816. A nota parece ter sido escrita em uma caligrafia diferente, menos elegante e, provavelmente, posterior à do texto principal. Intitulado Šar ‘alā tašrī al-aflāk (A explicação da Anatomia dos céus, de al-‘Āmilī), a obra é baseada nos tratados astronômicos escritos por Bahāʾ al-Dīn al-ʿĀmilī, um polímata do século XVI que nasceu no Líbano e viveu no Irã safávida. Filósofo e teólogo talentoso, al-‘Āmilī é conhecido como um dos primeiros astrônomos a considerar a possibilidade da rotação posicional da Terra. Esta e outras ideias inovadoras, que al-‘Āmilī desenvolveu de forma autônoma em relação à tradição ocidental, foram expressas em seu livro Tašrī al-aflāk, tema do extenso comentário no presente manuscrito. O tratado é aberto com uma longa introdução dedicada principalmente a invocações e orações ao Criador dos Céus e ao elogio de Bahāʾ al-Dīn al-ʿĀmilī. A obra é então dividida em aqāb (singular qub, significando polo ou eixo), cada um dos quais inclui várias sub-seções (fuūl, singular fal). A obra é apresentada como um tratado completo da ciência astronômica, focando particularmente no Sol e na Lua e em seus movimentos. O manuscrito inclui alguns desenhos explicativos, como aquele que aparece no verso do fólio 14, mas aparentemente as ilustrações estão incompletas. Espaços em alguns dos fólios (como no verso dos fólios 42 e 59) foram deixados em branco, provavelmente reservados para desenhos que nunca foram feitos.

Idioma

Título no Idioma Original

شرح على تشريح الافلاك للعاملي

Outras Palavras-Chave

Tipo de Item

Descrição Física

65 folhas (17 linhas), encadernadas: papel; 20 x 13 centímetros

Coleção

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 8 de março de 2016