O livro da explicação da excursão na ciência do cálculo

Descrição

Este manuscrito do século XVIII oferece um exemplo claro do uso contínuo, no mundo islâmico, do comentário científico logo após o final da Idade Média, o período mais associado à realização científica árabe e com esta forma literária. Neste caso, o tratado comentado é o Nuzhat al-nuẓẓār fī ‘ilm al-ghubār (A excursão do observador na ciência dos números), que era um resumo por Aḥmad ibn Muḥammad al Farāḍī ibn al Hā'im (por volta de 1356-1412) de seu próprio tratado matemático intitulado Murshid al-ṭālib ilā asnā' al-maṭālib (Um guia de estudantes para o ápice do aprendizado). O trabalho original, o resumo e o comentário apresentam uma finalidade didática explícita. A discussão de numerais e o tratamento das quatro operações aritméticas são apresentados de uma forma incremental e extremamente clara. Resumos, comentários e supracomentários (comentários sobre comentários) eram ferramentas para esclarecer problemas matemáticos complexos para os alunos de uma forma acessível e detalhada. Esta cópia do Kitāb sharḥ al-nuzha fī ‘ilm al-ḥisāb demonstra, de forma muito clara, a técnica explicativa de Aḥmad ibn Qāsim al Shāfi‘ī al Ġhazzī: as passagens em tinta vermelha preservam o tratado original por Ibn Al Hā'im, enquanto o texto em tinta preta é o comentário extremamente detalhado, quase palavra por palavra, por al Ġhazzī.

Última Atualização: 22 de julho de 2013