Fonte de Trevi em Roma, Itália

Descrição

Esta impressão colorida da Fonte de Trevi (Fontana di Trevi) é parte de "Visões da arquitetura e outros locais na Itália” do catálogo da Detroit Publishing Company (1905). A fonte, de 26 metros de comprimento por 20 metros de largura, está ao lado oposto do sul do Palazzo Poli, um palácio barroco que foi alterado por Luigi Vanvitelli (1700-1773) para acomodar a fonte e servir como seu pano de fundo. A fonte remonta à Roma antiga, quando este local era o ponto terminal para o aqueduto Aqua Virgo, que foi encomendado no início do século I pelo imperador Augusto, para fornecer água para os banhos termais perto do Panteão. (O nome "Trevi" é derivado de "Trebium", o antigo nome da área em que a fonte está localizada.) Por volta de 1629, sob o padronado do Papa Urbano VII, o arquiteto Gian Lorenzo Bernini (1598-1680) completou um projeto para uma nova fonte substituir uma anterior erguida neste local em 1453, por Leon Battista Alberti (1404-72). Porém, a morte de Urbano VII descarrilou a construção e, somente por volta de 1730, o Papa Clemente XII decidiu restaurar a área de Trevi e o arquiteto Nicola Salvi (1697-1751) foi contratado para realizar o projeto de Bernini. Salvi faleceu antes que pudesse completar a obra, que foi continuada por Giuseppe Panini e, finalmente, concluída em 1762. Dentro da grande bacia de pedra da fonte existe uma figura de Netuno, o deus do mar, por Pietro Bracci (1700-1773), juntamente com figuras ao lado que representam Saúde e Abundância.

Data do Assunto

Informação da Publicação

Detroit Publishing Company, Detroit, Michigan

Idioma

Título no Idioma Original

Fountain of Trevi, Rome, Italy

Tipo de Item

Descrição Física

1 impressão fotomecânica: fotocromo, colorido

Observações

  • A Companhia Fotográfica de Detroit foi lançada como uma editora de fotografia na década de 1890 pelo empresário e editor de Detroit William A. Livingstone, Jr., e pelo fotógrafo e editor de fotografia Edwin H. Husher. Eles obtiveram o direito exclusivo de usar o "Fotochromo", o processo suíço de conversão de fotografias em preto-e-branco em imagens coloridas, e imprimi-las por fotolitografia. Este processo inovador foi aplicado na produção em massa de cartões postais coloridos, gravuras e álbuns para venda ao mercado americano. A empresa tornou-se a Detroit Publishing Company em 1905.
  • Título da Detroit Publishing Co., catálogo J - seção estrangeira, Detroit, Michigan: Detroit Publishing Company, 1905.
  • Impressão n° "6780".

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 3 de julho de 2014