O Kremlin em direção à Place Rouge, Moscou, Rússia

Descrição

Esta impressão fotocrômica do Kremlin de Moscou é parte de "Vistas da Arquitetura e de Outros Locais, Principalmente na Polônia, Rússia e Ucrânia", do catálogo da Detroit Publishing Company (1905). O Kremlin é sede do governo russo. A palavra Kremlin vem do russo "fortificação" ou "cidadela". O primeiro povoado, um forte de madeira, foi construído pelo fundador de Moscou, Yuri Dolgoruky, em 1147, mas a estrutura não recebeu o nome de Kremlin até 1331. Conforme descrito em Rússia com Teerã, Port Arthur, e Pequim (1914), de Baedeker, "[no] centro da cidade, em uma colina que se ergue a 40 metros acima do Moskva e dominando a totalidade de Moscou, ergue-se o Kremlin, no qual todas as reminiscências do passado de Moscou estão unidos. Para os russos, o Kremlin é um lugar sagrado. É no Kremlin que o poder do czares primeiro recebeu a sanção da igreja. . . . "Não há nada acima de Moscou", diz um provérbio, "exceto o Kremlin e nada acima do Kremlin, exceto o Céu".

Data do Assunto

Informação da Publicação

Detroit Publishing Company, Detroit, Michigan

Idioma

Título no Idioma Original

Moscou. Le Kremlin

Tipo de Item

Descrição Física

1 impressão fotomecânica : fotocromo, cor

Observações

  • A Companhia Fotográfica de Detroit foi lançada como uma editora de fotografia na década de 1890 pelo empresário e editor de Detroit William A. Livingstone, Jr., e pelo fotógrafo e editor de fotografia Edwin H. Husher. Eles obtiveram o direito exclusivo de usar o "Fotochromo", o processo suíço de conversão de fotografias em preto-e-branco em imagens coloridas, e imprimi-las por fotolitografia. Este processo inovador foi aplicado na produção em massa de cartões postais coloridos, gravuras e álbuns para venda ao mercado americano. A empresa tornou-se a Detroit Publishing Company em 1905.

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 18 de julho de 2014