Zhong Kui pintado por Sesshu

Descrição

O termo ukiyo-e, literalmente "retratos do mundo flutuante" se refere a um gênero de obra de arte japonesa no período Edo (1600-1868). Como a frase "mundo flutuante" sugere, com suas raízes na visão efêmera do Budismo, ukiyo-e capturava a dinâmica fugaz da vida urbana contemporânea. Ao mesmo tempo que eram acessíveis e satisfaziam os gostos das "pessoas comuns", os detalhes artístico e técnico dessas gravuras mostram uma sofisticação notável. Seus temas vão de retratos de cortesãs e atores à literatura clássica. Isoda Koryūsai, que prosperou entre 1764-88, contribuiu significativamente para o desenvolvimento do nishiki-e (gravuras em cores) que Suzuki Harunobu introduziu por volta de 175. Embora seja mais conhecido por suas bijin-ga (pinturas de mulheres bonitas), aqui ele retrata Shōki, um deus Taoísta e matador de demônios, cujo conto é falado tanto na China quanto no Japão. Koruyūsai criou este trabalho logo depois ter recebido reconhecimento oficial através de um título religioso honorário de hokkyō, em 1781. Ele refere-se ao título no lado direito dessa gravura. Poucos são os trabalhos existentes assinados desta forma.

Data de Criação

Data do Assunto

Idioma

Título no Idioma Original

雪舟筆鍾馗図

Tipo de Item

Descrição Física

1 gravura: xilogravura, colorida; 39,4 x 26,2 centímetros

Observações

  • Título elaborado pela equipe da biblioteca.

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 18 de setembro de 2015