Champs-Elysées, uma Avenida, Paris, França

Descrição

Esta impressão fotocrômica dos Champs-Elysées em Paris é parte de "Vistas da Arquitetura, Monumentos e Outros Locais da França", do catálogo da Detroit Publishing Company (1905). A área dos Champs-Elysées consistia, originalmente, de campos e hortas comerciais. Em 1616, Maria de Médicis (1575-1642), a viúva de Henrique IV, estendeu os Jardins das Tulherias para criar uma caminho ladeado por árvores. O caminho foi alargado em 1667 pelo paisagista André Le Nôtre (1613-1700). A avenida, agora com quase dois quilômetros de comprimento, estende-se entre a Place de la Concorde e o Arc de Triomphe. Conforme descrito na edição de 1900 de Paris e Seus Arredores com rotas de Londres a Paris: Manual Para Viajantes, de Baedeker, "essa magnífica avenida, ladeada por belos edifícios, é um dos passeios públicos mais chiques de Paris".

Data do Assunto

Informação da Publicação

Detroit Publishing Company, Detroit, Michigan

Idioma

Título no Idioma Original

Champs Elysees, an Avenue, Paris, France

Tipo de Item

Descrição Física

1 impressão fotomecânica : fotocromo, cor

Observações

  • A Companhia Fotográfica de Detroit foi lançada como uma editora de fotografia na década de 1890 pelo empresário e editor de Detroit William A. Livingstone, Jr., e pelo fotógrafo e editor de fotografia Edwin H. Husher. Eles obtiveram o direito exclusivo de usar o "Fotochromo", o processo suíço de conversão de fotografias em preto-e-branco em imagens coloridas, e imprimi-las por fotolitografia. Este processo inovador foi aplicado na produção em massa de cartões postais coloridos, gravuras e álbuns para venda ao mercado americano. A empresa tornou-se a Detroit Publishing Company em 1905.

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 8 de julho de 2014