O Louvre, Paris, França

Descrição

Esta impressão fotocrômica do Louvre é parte de "Vistas da Arquitetura, Monumentos e Outros Locais da França", do catálogo da Detroit Publishing Company (1905). A edição de 1900 de Paris e Seus Arredores com rotas de Londres a Paris: Manual para Viajantes, de Baedeker, caracterizava o Louvre como "o mais importante edifício público em Paris, tanto arquitetônicamente como pelos de seus tesouros de arte..., um palácio de grande extensão, erguendo-se entre a Rue de Rivoli e o Sena". Baedeker explicava que "o consenso geral é que Filipe Augusto (1180-1223) construiu o primeiro castelo aqui. . . . Mas só foi na época de Carlos V (1364-1380), que transferiu seu tesouro e sua biblioteca para o castelo, que o mesmo foi arrumado no belo estilo, apropriado a uma residência real". O palácio e o adjacente Jardins das Tulherias "abrangem, juntos, uma área de cerca de 1942 ares, formando um dos palácios mais magníficos do mundo. O efeito do conjunto é harmonioso, apesar da falta de unificação. . . ."

Data do Assunto

Informação da Publicação

Detroit Publishing Company, Detroit, Michigan

Idioma

Título no Idioma Original

The Louvre, Paris, France

Outras Palavras-Chave

Tipo de Item

Descrição Física

1 impressão fotomecânica : fotocromo, cor

Observações

  • A Companhia Fotográfica de Detroit foi lançada como uma editora de fotografia na década de 1890 pelo empresário e editor de Detroit William A. Livingstone, Jr., e pelo fotógrafo e editor de fotografia Edwin H. Husher. Eles obtiveram o direito exclusivo de usar o "Fotochromo", o processo suíço de conversão de fotografias em preto-e-branco em imagens coloridas, e imprimi-las por fotolitografia. Este processo inovador foi aplicado na produção em massa de cartões postais coloridos, gravuras e álbuns para venda ao mercado americano. A empresa tornou-se a Detroit Publishing Company em 1905.

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 8 de julho de 2014