Princípios e Práticas da Medicina Oriental

Descrição

Donguibogam (Princípios e práticas da medicina Oriental) é uma enciclopédia de conhecimentos médicos e técnicas de tratamento complilada e editada por Heo Jun, com suporte coletivo de outros especialistas em medicina na Coreia. Heo Jun, um médico da corte, recebeu uma ordem real de escrever um livro médico para dar suporte às pessoas que sofriam de fome trazida pela guerra e seca durante o governo do Rei Seonjo (1552-1608, reinado, 1567-1608). Heo Jun coletou pessoalmente as ervas medicinais adequadas, que eram nativas da Península Coreana. Ele conduziu triagens clínicas humanas para testar a eficiência dos medicamentos, e escreveu os nomes das ervas em coreano para que as pessoas comuns pudessem aprendê-las. Para facilitar seu uso, o conteúdo da enciclopédia foi dividido em cinco categorias: Naegyeong (Internas), Oehyeong (Externas), Japbyeong (Várias doenças), Tangaek (Suco de ervas) e Chimgu (Acupuntura). Donguibogam foi disseminada até o Japão e a China e informou a evolução da medicina na Ásia Oriental e além. Em termos de sistemas de cuidados com a saúde, ela promoveu a medicina preventiva e os cuidados da saúde pública pelo estado, que eram ideias virtualmente desconhecidas até o século 19. Donguibogam foi anexada ao Registro Memória do Mundo da UNESCO em 2009.

Data de Criação

Data do Assunto

Informação da Publicação

Hospital Real, Seoul

Título no Idioma Original

東醫寶鑑

Outras Palavras-Chave

Tipo de Item

Descrição Física

25 volumes : 36,6 x 22 centímetros; xilogravura (Naeyeon-letras).

Observações

  • Exibido o volume 22.

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 5 de fevereiro de 2015