A Biblioteca, Bruges, Bélgica

Descrição

Esta impressão fotocrômica da Biblioteca Municipal de Bruges é parte de "Visões da Arquitetura e Outros Locais na Bélgica", do catálogo da Detroit Publishing Company (1905). A biblioteca, que abriga os arquivos municipais da cidade de Bruges, foi restaurada pelo arquiteto belga Louis de la Censerie (1838-1909) em 1877-81. Sua arquitetura neo-renascentista, que lembra a estética do século XVII, reflete-se no uso de fachadas com empenas pontiagudas no telhado. De acordo com Bélgica e Holanda, incluindo o Grão-Ducado de Luxemburgo (1905), de Baedeker, "a Biblioteca Municipal, que está agora estabelecida na antiga Tonlieu , ou alfândega de 1477. . . contém 60.000 vols., incluindo 562 velhos [manuscritos] (compreendendo missais dos sécs. XIII-XIV), os primeiros livros impressos por Colard Mansion, o impressor de Bruges (1475-1484), e uma coleção de gravuras".

Data do Assunto

Informação da Publicação

Detroit Publishing Company, Detroit, Michigan

Idioma

Título no Idioma Original

The Library, Bruges, Belgium

Tipo de Item

Descrição Física

1 impressão fotomecânica : fotocromo, cor

Observações

  • A Companhia Fotográfica de Detroit foi lançada como uma editora de fotografia na década de 1890 pelo empresário e editor de Detroit William A. Livingstone, Jr., e pelo fotógrafo e editor de fotografia Edwin H. Husher. Eles obtiveram o direito exclusivo de usar o "Fotochromo", o processo suíço de conversão de fotografias em preto-e-branco em imagens coloridas, e imprimi-las por fotolitografia. Este processo inovador foi aplicado na produção em massa de cartões postais coloridos, gravuras e álbuns para venda ao mercado americano. A empresa tornou-se a Detroit Publishing Company em 1905.

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 7 de julho de 2014