As Festividades Maronitas

Descrição

Este livro de orações maronitas foi copiado em 1888 pelo auto-intitulado "escriba miserável e ​​preguiçoso" Yūsuf Dib. O texto é parte em siríaco, e parte em Garshuni (escrita árabe em letras siríaca). Em lugar da rubrica - indicando títulos e palavras importantes em tinta vermelha - a tinta roxa é muito usada para este propósito. O manuscrito proporciona um exemplo refinado de uma escrita cuidadosa e de um texto bem preservado. A igreja maronita é uma igreja católica oriental em comunhão com a Santa Sé em Roma. Centrada no Líbano, a igreja adquiriu este nome de São Marum (morto em 410), um monge sírio cujos seguidores construiram um monastério em sua homenagem, que se tornou o núcleo da Igreja Maronita.

Última Atualização: 16 de janeiro de 2015