Um mapa múndi moderno e completo pelo matemático real Oronce Finé, de Delfinado

Descrição

Astrônomo e matemático, a partir de 1531 nomeado para a cadeira de matemática no Colégio Real (o atual Collège de France), Oronce Finé (1494-1555) foi um dos primeiros estudiosos franceses a trabalhar com cartografia. Seu mapa-múndi na forma de um coração pertence a um grupo de 18 projeções de mapas em forma de coração publicados entre 1511 e 1566. Inspirado por uma das projeções descritas pelo geógrafo do século II, Ptolomeu, esse sistema de projeção foi codificado por um matemático de Nuremberg, Johannes Werner (1468-1522), em uma obra escrita em 1514. O mapa de Finé reflete o estado dos conhecimentos e as hipóteses geográficas e as incertezas de sua época. A América do Norte se une à Ásia, e uma vasta Terra Australis, continente hipotético que os geógrafos supunham existir para contrabalançar o peso das massas de terra do norte, está desenhada no sul. O mapa pertence à coleção do geógrafo Jean-Baptiste Bourguignon d'Anville (1697-1782). Foi comprado pelo rei Luís XVI em 1779 e depositado na Biblioteca Nacional da França em 1924.

Data de Criação

Data do Assunto

Informação da Publicação

Paris

Idioma

Título no Idioma Original

Recens et integra orbis descriptio. Orontius F[inaeus] Delph[inas], Regis[s] mathematic[us] facebiat

Lugar

Outras Palavras-Chave

Tipo de Item

Descrição Física

1 mapa em duas páginas montadas: cor; 51 x 57 centímetros

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 12 de fevereiro de 2016